segunda-feira, 8 de agosto de 2011

"Os Olhos Amarelos dos Crocodilos" de Katherine Pancol, A Esfera dos Livros

A escrita, a enfabulação e as metáforas utilizadas por Catherine Pancol foram, sem dúvida, uma inspiração, apetece escrever ao ler e reler a escrita desta autora. Utilizando uma excelente combinação de palavras, a história de Josephine, Philippe... Antoine, Hortense ou da pequena Zóe acompanham-nos como se estivessem mesmo ali ao nosso lado, tal como a reserva africana de crocodilos ou as ruas e cafés de Paris.
A frieza e a vaidade de umas mulheres comparada com a delicadeza mascarada de outras, a combinação de diferentes feitios que se completam e protegem é assim a história das irmãs, sejam elas Íris e Josephine ou as penas Hotense e Zóe. As diferenças entre todo o tipo de mulheres, as aventuras e emoções que constituem as suas vidas, se outrora se cruzam, ora se afastam e se voltam a unir, porque na fraqueza de umas se descobre a força e vontade de outras.
Este livro é uma viagem interior, é um passeio pelos sentimentos dos outros, mas que facilmente apelam aos nossos. Uma leve mistura de fantasia (em que tudo pode acontecer, basta acreditarmos) com um relato transparente e apaixonante da dura realidade que nos pode envolver, desde o desdém à falta de dedicação, ou de amor... porque por vezes apenas há um elevado muro de mentiras que nos separa e afasta daqueles que nos devem amar e a quem devemos algo.
Um livro que questiona o amor, a mentira, a união, a família, o materialismo, a força interior, mas acima de tudo questiona o EU?!!!!

Para completar a minha apreciação sobre este livro, gostei essencialmente do que encontrei escrito por ... (Rui) Lagartinho fala de crocodilos...lol... leiam ;)

Fica assim para a minha Wishlist... A Valsa Lenta das Tartarugas já editado neste ano pela Esfera dos Livros e já reservado na Biblioteca do Costume... para ansiosamente seguir a vida da fenomenal Josephine!





Sinopse
A família Cortès está de volta. Joséphine é agora uma escritora de sucesso que deixa os subúrbios para se mudar para um requintado bairro de Paris. Apesar do mundo onde agora vive, mantém-se fiel a si própria e aos seus valores. Honesta, generosa, reservada. É uma mulher realizada, mas que ainda não encontrou o amor. A sua filha Hortense está a estudar moda em Londres e a filha mais nova Zoé começa a conhecer os desafios do coração. A sua irmã Íris, outrora perfeita e símbolo de sucesso, encontra-se agora no meio de uma profunda depressão.  Juntamos a tudo isto um assassino em série, que aterroriza o bairro onde a protagonista vive, e um cão demasiado feio, e temos os ingredientes para mais um bestseller de Katherine Pancol. Um romance divertido e ao mesmo tempo negro, que fala do amor, de ser mãe, da amizade, da vida familiar, da adolescência, do trabalho, do mundo em que vivemos. Com mestria, cuidado e inteligência, ao longo destas páginas, vamos acompanhando o avançar obstinado e lento destas personagens, em busca dos seus sonhos, num mundo demasiado rápido e violento.

Sem comentários :