segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Comecei a ler....

Como a irmã já está de férias, publico por ela.
Leitura de férias para a Cris



Sinopse:
Basil Hallward é aquilo que eu penso de mim; Lord Henry, o que o mundo pensa de mim; Dorian é o que eu gostaria de ser noutra época, talvez.» Esta afirmação de Oscar Wilde tem validado muitas das interpretações autobiográficas que se fazem de O Retrato de Dorian Gray. Alguns críticos, não satisfeitos com o desdobramento do autor nas três principais personagens masculinas da obra, empenharam-se em lê-la como um roman à clef ("romance com chave"). Lançaram-se numa caça aos originais de Dorian Gray e Basil Hallward entre o círculo de amigos de Oscar Wilde, tomando o romance por aquilo que Wilde explicitamente pretendia que não fosse: uma imitação da vida


 
Sinopse
Pianista, coveiro, bibliotecário, pugilista… estes foram, entre outros, alguns dos ofícios do inquieto Henry Miller. Filho de um modesto alfaiate nova-iorquino, cresceu nas ruas de Brooklyn, cenário inicial de uma vida que ele próprio descrevia como sendo "mais real e mais importante do que tudo o que pudesse inventar". Desconcertantemente sincero, crítico e inconformista, abandonou a América com destino a Paris, na década de 1930, para levar uma vida literária boémia. Miller chamaria a esta morte da sua antiga existência e ressurreição como escritor a "Rosa-Crucificação". Esta dramática transformação forneceu o leitmotiv para alguma da sua melhor escrita, corporizando tudo o que ele sentia acerca da autolibertação e da verdadeira vida do espírito.
SEXUS, o livro primeiro da trilogia "Rosa-Crucificação", recorda, de forma ficcionada, a vida americana de Miller nos anos 20, quando, numa busca frenética por antídotos para o seu emprego monótono e a vida num "bairro morbidamente respeitável" com a sua mulher Maude, alimentou uma obsessão pela misteriosa e promíscua Mara. Publicado originalmente em Paris em 1949, este picaresco e extraordinariamente sincero relato das escapadelas sexuais de Miller esteve proibido nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha durante quase vinte anos. 

 Civilização Editora
(mais informação aqui)

Sinopse:
Quando Beatrice recebe um telefonema frenético a meio do almoço de domingo e lhe dizem que a sua irmã mais nova, Tess, desapareceu, apanha o primeiro avião de regresso a Londres. Mas quando conhece as circunstâncias que rodeiam o desaparecimento da irmã, apercebe-se, com surpresa, do pouco que sabe sobre a vida de Tess – e de que não está preparada para a terrível verdade que terá de enfrentar. A Polícia, o noivo de Beatrice e até a própria mãe aceitam ter perdido Tess, mas Beatrice recusa-se a desistir e embarca numa perigosa viagem para descobrir a verdade, a qualquer custo.

Sem comentários :