sexta-feira, 30 de novembro de 2012

O homem que sonhava ser Hitler



Com uma escrita bastante simples
Tiago Rebelo consegue prender-me desde a primeira página
Não fosse este um tema que eu adoro...
além do tema, amei o desfecho do livro...
nem nos meus sonhos mais torcidos eu decifrava este policial...
Amei que o autor tenha conseguido incluir no livro... 
acontecimentos actuais e sermos capazes de ao ler o livro 
ser quase como abrir o jornal


O livro leva-nos ao "ponto rebuçado"...
devido a ter personagens tão bem construídas..
sentindo por algumas ÓDIO...
e já de outras apenas... PENA...
foi quase como se fossem nossos vizinhos...
nossos familiares... como se estivessem ali ao nosso lado.

O Homem que sonhava ser Hitler, faz-nos saltar os sentimentos mesmo para «a flor da pele»...
e no fim....
bem o fim deixo para vocês lerem... 

2 comentários :

Helen Deadly disse...

Parece-me um bom livro mas sou demasiado sensível a este tipo de temas. Guerras, destruição, mortes de milhares de pessoas é algo que me deixa em baixo. E para colocar-me em baixo, já basta o estado do país :(

efeitocris disse...

Olá Helen

Garanto que não, aliás até o próprio fim, faz-te acreditar que a simplicidade é possível e existe!

Os episódios do livro não são violentos.

Recomendamos mesmo a leitura