quinta-feira, 11 de julho de 2013

Comecei a ler....

Na realidade li o primeiro capítulo logo no dia da sessão de lançamento mas o tamanho da obra assustou-me e tinha outras leituras a meio.
Confesso que fiquei curiosa, especialmente para conhecer uma ou duas personagens que nos foram apresentadas pelo autor.
Agora agarrei-me ao livro, só o largo no fim!

 (foto ElsaR)

Sinopse
Um trolha homossexual. Um jogador de futebol filósofo. Um humorista deprimido. Uma prostituta de alma. Um assassino refinado. Uma prostituta de corpo. Um homem que consegue pensar e sentir o que os outros pensam e sentem. Numa obra que é um gigantesco monumento, mistura frenética de poema e de thriller, Pedro Chagas Freitas visita os mais profundos calabouços da humanidade: o amor, a morte, a inveja, a paixão, a raiva, a mentira, o medo, o ciúme. E o sexo. Sempre o sexo. Porque é nele, sempre nele, que se encontra a verdade.

Vamos lá levantar o alter literário que é "In Sexus Veritas" de Pedro Chagas Freitas!!

3 comentários :

Anónimo disse...

Chega a ser ridícula a mera existência deste livro.

Liliana Lavado disse...

A temática parece um bom 'cocktail' :)
Afinal o meu livro nem é assim tão 'gordo' LOL

Elsa Filipe disse...

Olá. Vou seguir o modelo e publicar também este desafio no meu blog. Adoro ler e vou alternando entre autores portugueses e estrangeiros. Quem sabe assim se cative mais gente para ler e comprar autores portugueses. Estou a ler neste momento António Lobo Antunes.