Pesquisar neste blogue

A carregar...

sábado, 31 de maio de 2014

PRIVATE - Agência de Investigação Internacional :: Opinião

Desde que estou mais atenta aos livros, que ando com o James Patterson debaixo de olho. Não o autor claro, mas os seus livros. Acho notável a capacidade que tem de enveredrar por géneros diferentes e captar o público alvo de cada um deles.
O primeiro livro que li do autor, O meu primeiro amor, não é o género pelo qual é mais conhecido, no entanto, surpreendeu-me de tal maneira que fiquei com o bichinho para ler mais. 
Podia ser uma menina crescida e começar a ler a série do Alex Cross ou apelar o meu lado juvenil e optar pelo Max, da série Maximum Ride.
No entanto, enquanto o cunhado devora NYPD Red, eu decidi optar pelo PRIVATE, que é bem mais a minha cara. Quando li a sinopse lembrou-me um par de séries que me agradam, incluindo SCANDAL e RAY DONOVAN. E não me enganei! A Lista de Leitura aqui da Elsa ganhou mais dois títulos e como seria de esperar, vão ser consumidos quase de seguida. As insónias dão cabo de mim mas pelo menos são produtivas horas de leitura :)

Quando os ricos e poderosos estão em apuros, não é para a polícia que ligam...é para Jack Morgan!

Conhecemos Jack em sonhos, os mesmos que o atormentam todas as noites mal pousa a cabeça na almofada. Um veterano da guerra do Afganistão, Jack sofreu perdas humanas que o tempo ainda não conseguiu sarar e isso está patente nos terrores nocturnos que o assaltam diariamente.
No entanto, as aptidões que faziam de Jack um operacional habilidoso e competente enquanto fuzileiro, transferiram-se para a sua actual profissão de investigador privado. Dono e elemento fundamental da PRIVATE, agência de internacional de investigação que herdou do problemático e crimonoso pai, Jack dá o seu melhor para desvendar os mais distintos casos que entram pelo seu escritório a dentro.

Começamos com o caso mais próximo de Jack, o assassinato de uma amiga (e ex namorada), mas rapidamente a agência se vê inundada de outros tantos casos, incluindo o de um potencial assassino em série que vai dar pano para mangas à polícia de Los Angeles e à Private, que tantas vezes é chamada a intervir nos casos ocorridos naquela cidade.
À medida que vão aparecendo novos casos vamos conhecendo a equipa da PRIVATE. Justine, a psicóloga, é o braço-direito e um antigo amor de Jack, Del Rio, é um ex colega fuzileiro, Cruz​​ ex polícia e pugilista é parceiro de Del Rio e um dos investigadores em ascensão da Private. No Labororatório de ponta da agência conhecemos Dr. Sci, o criminologista de serviço e Mo-Bot, o génio informático. A juntar à lista temos Collenn, actual assistente e "namorada" de Jack.

​​A série PRIVATE tem a  dose perfeita de acção, intriga, crime, asneiras e boa disposição.
O mundo em redor de Jack corre a um ritmo alucinante, sentimo-nos como que a acompanhar uma série que nos tira o fôlego com o seu passo acelerado, diálogos inteligentes e personagens castiços​.
O entrelaçar dos casos que ocupam os dias da PRIVATE com a vida pessoal de Jack torna-nos parte da equipa, deixa-nos atentos aos detalhes que ajudam na resolução dos casos e ainda nos faz estabelecer uma ligação com o personagem principal.
Especialmente na resolução do caso do assassinato que vitimou a sua amiga,
quando ficamos a conhecer o irmão gémeo de Jack, o que ele está disposto a comprometer para obter a informação necessária e o quanto o passado enclausurado na sua cabeça o pode vir a atormentar.
Conseguirá Jack e a equipa da PRIVATE solucionar os casos que têm em mãos?
E Jack, conseguirá dominar os demónios que o acompanham desde o seu último destacamento no Afeganistão ? Ou será que os verdadeiros demónios são os que estão bem vivos no seu presente, e por vezes mais perto do que ele próprio imagina.

Uma série que ainda agora começou e já me prendeu.
O segundo livro já vai a meio e a questão agora é...
Se quando os ricos e poderosos estão em apuros ligam para Jack Morgan. Para quem liga Jack quando é ele que está em apuros?
Uma novidade

Sem comentários :