Pesquisar neste blogue

A carregar...

terça-feira, 17 de março de 2015

Opinião :: "Incontrolável" de Sylvia Day

Pode uma aposta num casamento de fachada ser a mão vencedora que no final ganha todas as jogadas?


Conhecemos Isabel e Gerard, uma viúva libertina e um solteirão decadente, quando embarcam na decisão mais pragmática e conveniente para ambos, chocando metade da sociedade e incitando a outra metade à crítica e ao falatório.
Um acordo de “cavalheiros” entre dois bons vivants, que apreciam a sua liberdade, o livre árbitro sobre a escolha da companhia na cama mas que acima de tudo desejam evitar as confusões que as paixões e o amor costumam trazer.  Que melhor maneira de evitar esses dramas que casando com alguém que não só pensa como nós como aprecia e entende o estilo de vida que gostamos de ter?
Isabel e Gerard, amigos de confidências e deboche, tornam-se Lord e Lady Grayson, sem nunca partilharem uma cama ou sequer um beijo.  Mas quando o mundo de Gray (Gerard), um sedutor por natureza, é sacudido por um acontecimento trágico, este desaparecer da vida de todos para aparecer mais tarde, mais maduro, uma derradeira tentação. Quem é este estranho que aparecer diante de Pel (Isabel)? Quem é este estranho com quem é casada?
E daí em diante, minha mãe, que tudo muda. Gray transita de um miúdo para um homem decidido, tentador e que pela primeira vez deixa a mulher numa situação constrangedora. Isabel não sabe como é possível mas deseja-o. Que horror desejar o próprio marido!  :)

Ao longo de 325 páginas a autora brinda-nos com personagens que se revelam e amadurecem com o passar das páginas, com diálogo que nos fazem sorrir e cenas íntimas que nos tiram o fôlego.
Sylvia Day, eu curvo-me perante a mestria de tornar um simples romance de época em algo escandalosamente arrebatador, desafiante e belo.

Esta autora já me convenceu com outros livros, quer contemporâneos, quer de época, como é o caso de “Pecado”. Este “Incontrolável” só vem cimentar a sua já sólida presença no meu top de preferências.
Sylvia Day tem uma fórmula de sucesso que eu não sei qual é mas eu fico presa toda a santa vezes às histórias que nos conta.
Ainda mais quando conseguem a proeza de encaixa uma história de outro casal que aparece em 5 cenas e que nos faz adorar ainda mais cada linha que lemos.


nota: só achei que num momento houve ali um comentário demasiado moderno para a época, tirando isso, 5 estrelas Ms Day !

Livros de Sylvia Day publicados pela Quinta Essência

Outros livros de Sylvia Day

2 comentários :

isa disse...

comecei hoje a ler esse livro, nunca tinha lido nada desta autora, nem tinha qualquer ideia pré-concebida!
ainda vou no início mas estou a gostar :)
boas leituras

ElsaR disse...

Isa se gostares, depois lê Pecado. É ainda melhor que este :)