segunda-feira, 23 de março de 2015

Opinião "Quatro - Histórias da Série Divergente"

Que saudades eu tinha de Quatro!


Passamos a trilogia a desejar sempre mais um bocadinho deste personagem, especialmente quanto temos vontade de mergulhar no livro para o abraçar. Agora temos oportunidade de o revisitar anos antes do início da trama que Divergente nos mostrou, antes de Tobias ser Quatro.
Os quatro contos que compõem este livro levam-nos, pelo olhar de Tobias, a momentos chave que foram mencionados durante a trilogia ou dão-nos informações que complementam espetacularmente bem todo o desfecho que já conhecemos.
Mais interessante que conhecer as cenas inéditas da escolha de Tobias pelos Intrépidos, da sua adaptação à fase inicial e ao nome Quatro até à sua descrença com a facção, é ter conhecimento de cenas que já conhecemos pelo olhar de Tris mas contadas desta vez pelas palavras e pensamentos de Tobias.
Dá-me vontade de reler tudo.......não, espera, sei o que sofri com a leitura. Talvez seja melhor não reler nada, só rever Divergente e ir ao cinema ver a adaptação de Insurgente.

Só uma questão! Este Quatro vai saber a pouco, mesmo muito pouco. Estava preparada para reler a trilogia toda do ponto de vista do Quatro :) mesmo já conhecendo a história e sabendo onde é que vou chorar as pedras da calçada.

Ordem de leitura?
Visto que se trata de uma prequela, até podia ser sensato ler antes de começar o Divergente, ou então, ir intercalando MAS honestamente, sabe bem ler agora, depois de tudo passado. Voltar à história pelo olhar de Tobias é um bálsamo depois da ferida que Convergente abriu :)

Deixo a opinião à trilogia :)

Quem já foi ver o Insurgente? 
Relembro o trailer

Boas leituras! :)

1 comentário :

Sara Berbigão disse...

Olá :)
Acabei ontem de ler a trilogia e gostei muito (tirando aquele episódio óbvio lá para o final).
Agora quero muito ler este livro, conhecer um pouco mais do Quatro, uma excelente personagem, sem dúvida.
Beijinhos e boas leituras