Pesquisar neste blogue

A carregar...

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Opinião "A Gaja - O Manual de Sobrevivência"

Sabem aquelas noitadas bem regadas em que, entre amigos e conhecidos, a conversa desce de nível e sobe de interesse?
Sabem?
Então abram mais uma garrafa porque A Gaja é aquela personagem à cabeça da mesa que já vos fez rir, arregalar os olhos, concordar em pleno com o que disse ou fugir a sete pés.
Nunca tiveram uma noite dessas? Então raios, sentem-se aqui, este manual de sobrevivência é para vocês e quem sabe, até podem aprender algo interessante e que ainda não sabiam.
Atenção que a linguagem não é para meninos ou meninas, neste manual o vernáculo é poderoso.


Conheci o facebook d'A Gaja quando tropecei num qualquer post polémico que me levou lá e me deu lugar cativo nas bancadas. As temáticas abordadas, assim com a escrita e o humor brutal, conquistou-me desde o primeiro momento e arrancou-me, na grande maioria das vezes, umas valentes gargalhadas.
Verdadeira mulher do Norte (e do Séc. XXI), A Gaja não tem papas na língua e gera controvérsia por essa internet fora. Mais que os seus posts, divirto-me é a ler os comentários, tantos os divertidos e dentro do espírito da coisa, como os ressabiados e loucos. Porque opiniões são como os cús, toda a gente tem um :)
E a minha, eu que também tenho cú, é esta...
GAJA, tanta sabedoria, mulher!!
Este livro é puro divertimento (informativo) da primeira à última página. Não que me tivesse ensinado algo mas cimenta muita informação corrente, que devia ser do conhecimento público, num único sítio.
Do guia do primeiro cocó à adulteração da "Desfolhada", do "como manter um gajo satisfeito e evitar um par de cornos" a máximas como "não é para casar, é para foder", eu tenho de dizer, RENDI-ME!

(desculpem a linguagem mas o livro tem lá bem escarrapachado na capa +18, por isso, aguentem-se à bronca)

A sério, RENDI-ME!
"A Gaja" faz-me pensar que não estou louca, nem sozinha e que além de me conseguir rir com a desgraça dos outros, consigo reconhecer a minha.


Até vos podia deixar aqui umas passagens mas que graça tinha isso, comprem mazé o livro e depois falamos.
Até lá, A Gaja continua a lançar granadas no Facebook mas este livrinho é uma aposta

Sem comentários :