Pesquisar neste blogue

A carregar...

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Opinião "Half Bad - Entre o bem e o mal"

Uma das minhas leituras de verão, visto que este ano optei novamente por livros que estavam na estante faz meses a aguardar leitura, foi a estreia de Sally Green em Portugal, "Half Bad - Entre o bem e o mal", um livro da categoria young adult carregado de magia e luta pela sobrevivência do personagem principal, Nathan.


A primeira vez que este livro me passou pelas mãos, não fiquei muito interessada na história mas no dia em que decidi perder um pouco de tempo a ler críticas, percebi que deveria decididamente coloca-lo na minha lista.
Sendo assim, férias de verão, fiquem a conhecer "Half Bad"!

Nathan nasceu com um pé no lado da luz e o outro no da escuridão. Fruto da relação de um bruxo negro, perseguido por todos, e uma bruxa branca que morre antes de Nathan atingir a idade chave em que todos os bruxos atingem a maioridade e recebem os sons dons, Natham tem uma existência desafiante.
Perseguido, maltratado, marcado, é assim que nos é apresentado Nathan, um rapaz que só quer encontrar o seu lugar no mundo em que as duas facções da sua gente se persegue e mata.

Gostei do facto de a história nos ser contada por Natham, que da jaula onde se encontra encarcerado, nos diz como chegou até ali, desde tenra idade vigiado e perseguido devido ao sangue que lhe corre nas veias e a possibilidade de se rebelar contra o Concelho que gere a sua gente.
A evolução de Natham ao longo da história é poderosa e profunda e leva-nos a reflectir sobre o quanto a nossa origem tem impacto na pessoa que somos e naquilo que os outros vêm em nós.

Confesso que embora tenha lido o livro de fio a pavio, sempre com o desejo de saber mais, de aprofundar o meu conhecimento das personagens, de ver que provação seria imposta a Nathan de seguida mas não sei até me ponto me vejo a ir já comprar o seguinte.
Talvez as férias de verão 2016 possam ter guardadas para mim um exemplar de Half Wild, a continuação desta série de Sally Green.
Começo a achar que por vezes alguns livros na categoria YA já não são para mim, no entanto, a escrita de Sally Green é detalhada e interessante. 

O segundo livro saiu recentemente. Quem já o leu? Acham que vou ficar surpreendida com o que vou encontrar? É que isto para o fim começou a animar e de certa maneira deixa-nos penduradas para ler o seguinte...
Vá, falem comigo !

A Trilogia Half Bad é uma aposta


Sem comentários :