Pesquisar neste blogue

A carregar...

domingo, 31 de janeiro de 2016

Na Presença de um Palhaço - Andrés Barba - Opinião

Com um enredo que vemos constantemente na nossa sociedade, «Na presença de um palhaço» é um daqueles livros que se tornará intemporal, já que o tema é muito transversal face aos sentimentos e desejos que explora nas personagens que apresenta. 
Mostra-nos com um olhar muito frio; invejas, desavenças, rancores, medos, ideias e atitudes nefastas ... coisas simples do dia a dia, como por exemplo, um bom trabalhador nem sempre ser recompensado, ou retratando o povo, que, em acção massiva pode elevar algo e logo a seguir rebaixar, sem pensarem efectivamente nas consequências desses actos.
...
O que aqui está em causa é o papel de cada um na sociedade a que pertence e o peso disso ao longo da vida, juntamente com as memórias que permitem fazer um balanço da vida.
Mostra-nos como, por natureza, somos invejosos e sempre desejamos a "galinha do vizinho". Ou então, como a sociedade nos educou a comparar, é inevitável tecer comparações com as vidas dos que nos rodeiam.

Tudo isto é mostrado pelo olhar de Marcos Trelles que se prepara para publicar um artigo numa importante revista científica, onde tem de escrever uma pequena auto biografia, confrontado com isto, ele mete em dúvida as suas bases, fica sem saber o que dizer, repensando aí a sua vida.

Todas estas incertezas ainda se intensificam mais quando decidem, Marcos e a esposa, ir passar uns dias na casa da sogra, para resolverem as partilhas com o cunhados já que a sogra de Marcos faleceu. Neste confronto e perante os acontecimentos daí decorrentes, existem visões da vida que passam a estar ainda mais em conflito, agravando o conflito já muito denso de Marcos.

Apreciei a leitura, mas julgo que o enredo podia ser bastante mais interessante, reservando um vida mais denso e quase estrondoso para cada uma delas, talvez tenha idealizado que tal acontecesse para que pudesse retirar mais conclusões.


Uma leitura com o apoio:

Ver mais sobre o livro Aqui


Sem comentários :