Pesquisar neste blogue

A carregar...

domingo, 17 de janeiro de 2016

Opinião AFTER - Depois da Verdade (Livro 2)

Do ódio ao amor em meia dúzia de linhas.
Da paixão à discussão num piscar de olhos!
Quem leu a minha opinião ao primeiro livro da serie After sabe que tive em pé de guerra com a história desde o inicio MAS fiquem por ai porque a coisa mudou de figura com a leitura de "After - Depois da Verdade".


A história de Hardin e Tessa não começou da melhor maneira. Como acreditar que pelo meio de tanta mentira os sentimentos podem ser verdadeiros?
Como perdoar o imperdoável? 
Não há traições boas nem más. Há traições e ponto final e Tessa foi vítima de uma bem grande. Os danos causados à sua pessoa foram tremendos e por maior que seja o sentimento que nutre por Hardin, a dor que sente supera tudo.
Mas estará Tessa disposta a perdoar e ficar com Hardin ou irá simplesmente retomar à vida vazia que levava antes? 
Numa tentativa de colocar tudo para trás das costas, Tessa tenta rastejar para fora do poço em que caiu mas Hardin não vai fazer com que isso seja fácil porque, como seria de esperar, só percebeu o que tinha quando a perdeu.
Ou será que depois não é o contrário?

A montanha russa emocional que é o tumultuoso Romance de Hardin e Tessa ganha neste segundo livro um novo fôlego e uma intensidade 8 na escala de Richter. 
Quando pensávamos que a verdade era imperdoável, este casal surpreendo-nos com o perdão, uma série de tentativas falhadas de resolução e a prova que por mais que a sua relação seja uma guerra não conseguem estar afastados, que o amor (por vezes cego) que sentem um pelo outro é mais forte que todas as discussões e mal entendidos e até que o passado problemático de Hardin.
Mas será que a  periclitante relação irá sobreviver à contínua sabotagem dos próprios e à interposição de terceiros? E à distância? E ao passado que volta com toda a carga emocional de uma tonelada?
Se pensam que viram tudo no primeiro, então desenganem-se, porque daqui em diante em a montanha russa está cheia de loops e vamos ver se lá pelo meio não nos mata com alguma reviravolta que nos vai deixar esparramadas no chão.

Se o segundo livro da serie After nos rouba o fôlego e nos faz mudar a opinião sobre as personagens (pelo menos a mim, especialmente sobre Hardin), então que reviravolta trará o terceiro livro "After - Depois do Desencontro"?
Um turbilhão de emoções, lágrimas, discussões e consecutivas tentativas de remendar o mal feito.
O terceiro livro sai dia 20 de Janeiro.


E não posso terminar sem comentar o seguinte.
Anna Todd, desculpa, parece que começamos com o pé errado.  Fui rápida a julgar estes dois. Para mim foi difícil aguentar as discussões iniciais e no fim levar aquela chapada monumental mas agora fizemos as pazes. Somos capazes de ter discutido umas quantas vezes ao longo da leitura, com ele por ser uma panela com água a ferver sempre a transbordar e com ela por tantas vezes permitir que assim o seja sem lhe meter os pontos todos nós Is.
No entanto, talvez por osmose, ela também tem os seus momentos "ups não pensei antes de fazer/dizer", o que tanta vez gere confusão. Depois de tenta confusão e discussão, já só queremos que os moços encontrem o meio termo que os faça feliz.
Confesso que este segundo livro redimiu a história, pelo menos em parte. Há um lado desta leitora que não consegue aceitar as contínuos movimentos de avanço/recuo destes dois nem a rapidez com que esta história avança. Num único dia acontece tanta coisa e com tanta intensidade. Acho que estou estou ficar velha para tanta comoção :)
Ainda bem que mudei de opinião e agora fico curiosa para saber o que nos espera no terceiro livro, especialmente com dois ou três pontos que ficam em aberto neste.

E depois encontrei esta música numa das minhas playlist e que se encaixa perfeitamente na história da Tessa e do Hardin

Até lá, à leitura do terceiro, fica a sugestão....
"O amor é fácil, as pessoas é que o dificultam"
Gosto de pensar que isto pode ser verdade.

A série After é uma aposta
Para mais informações consulte o site da Editorial Presença aqui.

Sem comentários :