Pesquisar neste blogue

A carregar...

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Opinião "Os Hóspedes"

Nunca tinha lido um livro de Sarah Waters. Só consigo pensar "que desperdício! Nem imagino o que ando a perder.
Majestoso....


Esta viagem aos anos 20 em Londres, num período pós guerra, em que uma solteirona nobre e empobrecida vê a sua vida, coração e mente virada do avesso com a entrada de inquilinos na casa de família é talvez um dos livros que mais gostei de ler este ano.
Por vezes aquilo que mais preciso é ler um livro que não entra automaticamente na minha wishlist. Há livros que têm de forçar a entrada, fincar o pé e dizer que não vão sair dali até eu os ler.
Ainda bem que este "Os Hóspedes" fez isso. Que lufada de ar fresco!

Conhecemos Frances a tomar conta da mãe e do casarão de família. A guerra e a morte do pai despojaram-na da fortuna, obrigando-a a racionar a comida e a meter as mãos no trabalho braçal doméstico.
Residentes na prestigiada Champion Hill, Frances e a mãe acabam por se ver obrigadas, um pouco contra à sua educação e estatuto, a alugarem parte da casa a um casal novo, Lily e Leonard Barber. 
Do incómodo inicial a uma amizade espontânea que se cria entre Francês e Lilian, vemos o princípio de algo mais, algo indecoroso, algo que se mantém em segredo.
Mas os grandes casarões rangem e albergam muitas histórias. Que segredos alberga a casa e Champion Hill?
Que segredos se sussurraram em salas vazias? 
Quão grande é o problema de ouvir a voz do coração em vez da voz da razão?

(Ilustração do Finantial Times)

Composto por três actos, este romance trágico leva-nos por um carrossel de emoções, em que damos por nós mesmos a perguntar "no que te meteste Frances?"
As coisas que se fazem por amor, no amor e devido ao amor...
Loucuras!

Sem dúvida uma grande sugestão de leitura. Quem sabe uma boa prenda de natal...ahhh talvez não para uma mãe, prima ou amiga com uma mente muito fechada. Não queremos que ninguém fique pelo rés do chão e não conheça o quanto podem ser libertas as vistas do primeiro andar.
;)

Faz algum tempo que tenho na estante "Um toque de veludo" à minha espera. Acho que não deve faltar muito para o ler.
Resumindo...acabei de ficar de olho noutra autora.

Sarah Waters é uma aposta

1 comentário :

Para Lá Da Kapa disse...

Uma excelente prenda de natal... de facto! Fiquei com vontade de ler Os Hóspedes. Não há ninguém com uma mente tão aberta como a minha e, melhor, tão agarrado ao suspense que estas perguntas suscitam! Veremos... Ainda falta para muito para o natal!