sexta-feira, 21 de julho de 2017

Novidade Bertrand :: "Seduzido até Domingo"


Data de lançamento :: 4 de Agosto

Meg Rosenthal: Casamenteira de dia, realista à noite, Meg não se vai deixar levar por um belo homem de negócios qualquer com o seu fato de designer. Foi a uma fantástica estância avaliar o potencial dessa ilha privada para a sua agência, não foi para namorar com o seu dono. Mas aquele homem tem um magnetismo qualquer a que é difícil resistir, até mesmo para uma mulher que se recusa a apaixonar-se. Valentino Masini: Homem de negócios bem sucedido e lindo de morrer, Valentino está habituado a ter o que de melhor há no mundo. No entanto, nunca quis nada com a intensidade com que quer Meg, que provocou um terramoto no seu coração. Mas justamente quando decide convencê-la a ficar, alguém decide tirar Meg da ilha… para sempre.

Uma novidade


Relembro a opinião aos outros livros da série Weekday Brides





quarta-feira, 19 de julho de 2017

Opinião "Estou a ver-te"

Todos os dias o mesmo caminho para o trabalho, o mesmo comboio, o mesmo lugar, as mesmas pessoas.
Quantos de nós observamos o que nos rodeia neste trajecto?
Quantos de nós somos inconscientemente metódicos nesta rotina diária?
Quem disse que a rotina mata....tinha toda a razão.


Conhecemos Zoe no seu trajecto casa-trabalho. Uma jornada diária e fixa, quase em piloto automático, para uma mãe de quarenta anos que à primeira vista é igual a tantas outras pessoas no metro de Londres. Mas o seu dia a dia sofre um abalo no momento em que vê a sua foto num anúncio na secção de encontros/acompanhantes do London Gazette. Com apenas com link e um número de telefone, este anúncio pode ser simplesmente uma brincadeira de mau gosto mas quem seria capaz de lhe pregar uma partida assim?
E para mais, como é que lhe tiraram uma foto sem que reparasse?
Tudo pode não passar de pânico infundado, a pessoa na foto pode ser só alguém muito parecido com Zoe mas quando uma das outras mulheres que também apareceu nos anúncios é assassinada, Zoe não tem dúvidas, ela é um alvo e o encontreatal.com o local da caça com todos os detalhes necessários para o caçador encontrar a sua presa.

"São tão estúpidas. As passageiras. Vemo-las, indiferentes ao mundo à sua volta. Ligadas aos iPods, fitando os telemóveis, lendo os jornais. Fazendo o mesmo percurso todos os dias, sentando no mesmo lugar, esperando no mesmo sítio do cais"

Do lado acção policial encontramos Kelly Swift uma agente da Polícia com potencial para investigação a sério mas que devido a um descontrolo se viu em problemas e foi remetida para a brigada de furtos no metro. Desejosa de voltar a uma brigada de maior acção, Kelly sabe que não há muita gente que meta as mãos no fogo por si mas no momento que recebe o contacto de Zoe, tudo está prestes a mudar. 
Um dos casos de furto no metro está conectado com a publicação da foto de vítima no jornal.
Seria o assalto consequência do anúncio?
Se esta mulher foi vítima de assalto, quantas mais não podem ser um potencial alvo? O quão vasta é a rede que quer mal a estas inocentes passageiras?


"ESTOU A VER-TE" está espectacular e vai fazer com que na próxima vez que apanhar o comboio a caminho do trabalho eu mude os meus hábitos.
Somos tão facilmente um alvo, para começar porque somos mulheres, mas tambem porque não somos previdentes. Vivemos confiantes que o perigo não nos espreita a todos os momentos e seguimos o nosso caminho automaticamente a cantarolar a nossa música, a devorar o nosso livro ou deslizar o dedo no telemóvel, completamente absorvidas pelas publicações no facebook.

Imaginem que alguém vos segue, que vos fotografa e que divulga esse itinerário ao mais ínfimo detalhe a centenas de estranhos online. Imaginaram?
Agora imaginem-se hoje ao final do dia a fazer o vosso trajecto para casa, cansadas e com calor, desejosas de se refrescarem e algures a meio do caminho, naquele túnel escuro que têm de atravessar para o estacionamento junto à estação,  alguém vos interceta, para o bem ou para o mal, apenas porque sabe que à hora que passa ali, o faz completamente sozinha.
É assustador não é! ?
Assim o é "Estou a ver-te" quando nós faz colocar em causa as nossas rotinas, as pessoas à nossa volta e tudo o que tomamos como certo.
Se "deixei-te ir" me surpreendeu pela reviravolta que o livro levou a meio, este "Estou a ver-te" bofeteia-me duplamente ao provar que nunca podemos dar nada como garantido, especialmente o lado negro da inveja, da traição e de tantos outros lados obscuros de nós próprios e das pessoas que nos rodeiam.

Uma novidade

Relembro a opinião ao outro livro da autora

terça-feira, 18 de julho de 2017

«O olhar da mente: um caso do inspector Van Veeteren» de Hakan Nesser :: Opinião




Nesser pode ser o mestre do suspense, mas eu sempre soube quem era o assassínio!

No entanto, nem isso me tirou o entusiasmo de ler e continuar a mergulhar de cabeça neste enredo bastante bem conseguido. O livro remonta a 1993, o que é interessante de avaliar já que tecnologias e brilhantismo modernos não fazem parte das formas de resolver o crime, o que facilmente faz parecer um livro de uma época longuínqua, especialmente quando o narrador é irónico e hilariante com coisas tão simples como uma mosca varejeira a pairar sobre um julgamento. Não diminuindo em nada a qualidade da escrita do autor, antes pelo contrário, contribui bastante para apegar o leitor ao ambiente que se vai criando, mais sombrio, mais afunilado e acusador, criticando aqui e ali e sempre com um toque de humor que balança com a personagem de Van Veeteren, cáustico, critico e até gozão.

"A sala de audiência estava completamente cheia, não sobrava um único lugar sentado. (...)
Mitter ficou bastante surpreendido pela assistência ser tão numerosa e contou, pelo menos, uns dez jornalistas. (...)
Também havia uma mosca varejeira. Passou a maior parte do tempo no tecto, directamente acima da secretária do procurador, embora de vez em quando desse voltas à sala e quase sempre visasse uma das duas juradas (...) Os seus raides eram acompanhados por um zumbido rouco, que fazia um contraste agradável com a voz algo esganiçada do procurador. (...)
À excepção disto, os acontecimentos do dia foram quase sempre bastante entediantes."

Van Veeteren é um inspector carregado de sarcasmo e dono de pouca paciência. Um touro, como ele próprio se imagina, nos sonhos que o perseguem. Um touro já velho e lento que se amansa ao som de música clássica andaluz e Bach, a banda sonora que o acompanha tanto nas idas à casa de banho como quando faz incursões no terreno, tentando que alguma beleza o separe da bruta realidade.

"Sozinho ao volante, com Julian Bream e Francisco Tárrega a escoarem-lhe nos ouvidos, a paisagem árida a servir de barreira e de filtro entre ele e a realidade demasiado incomodativa (...) A manhã, escura e nevoente, foi melhorando com a passagem das horas, mas as nuvens escuras e de chuva não chegaram a desaparecer (...)"

A geografia e as sua identidade bastante marcada contribuem tanto para o cenário que emoldura o crime, como para o humor que pauta os diálogos entre o inspector e seus companheiros de esquadra. A escrita de Nesser molda de forma peculiar este género literário, onde uma escrita simples e uma leitura veloz costuma ser o que o leitor encontra, mas aqui há mais, há mais camadas para descobrir e um humor carregado numa personagem que podia assumir traços de detestável.

*

Uma excelente aposta da TOPSELLER, mais um autor muito bem escolhido.

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Passatempos de Verão :: "A Amiga"


Passatempo termina dia 29/07/17

Para se habilitar ao passatempo, preencha o formulário abaixo e siga as regras dos nossos passatempos:

ATENÇÃO - REGRAS:
- O preenchimento do formulário é obrigatório para se habilitar ao passatempo.
- Podem participar todos os dias, basta voltar a preencher o formulário e partilhar o passatempo nas redes sociais.
- Só serão apuradas participações de fãs e/ou seguidores do Efeito dos Livros
- Ser fã e seguidor, duplica as hipóteses de ganhar.
- Só aceitamos participações de residentes em Portugal.
- Sorteamos os prémios no random.org entre todos as participações.


- Não nos responsabilizamos por nenhum extravio. O envio do prémio será efectuado pela editora.

Uma passatempo em parceria com 

Passatempos de Verão :: "O Milésimo Andar"

Passatempo termina dia 29/07/17

Para se habilitar ao passatempo, preencha o formulário abaixo e siga as regras dos nossos passatempos:

ATENÇÃO - REGRAS:
- O preenchimento do formulário é obrigatório para se habilitar ao passatempo.
- Podem participar todos os dias, basta voltar a preencher o formulário e partilhar o passatempo nas redes sociais.
- Só serão apuradas participações de fãs e/ou seguidores do Efeito dos Livros
- Ser fã e seguidor, duplica as hipóteses de ganhar.
- Só aceitamos participações de residentes em Portugal.
- Sorteamos os prémios no random.org entre todos as participações.


- Não nos responsabilizamos por nenhum extravio. O envio do prémio será efectuado pela editora.

Uma passatempo em parceria com 

Passatempos de Verão :: "A Rapariga do Gelo"


Passatempo termina dia 29/07/17

Para se habilitar ao passatempo, preencha o formulário abaixo e siga as regras dos nossos passatempos:

ATENÇÃO - REGRAS:
- O preenchimento do formulário é obrigatório para se habilitar ao passatempo.
- Podem participar todos os dias, basta voltar a preencher o formulário e partilhar o passatempo nas redes sociais.
- Só serão apuradas participações de fãs e/ou seguidores do Efeito dos Livros
- Ser fã e seguidor, duplica as hipóteses de ganhar.
- Só aceitamos participações de residentes em Portugal.
- Sorteamos os prémios no random.org entre todos as participações.


- Não nos responsabilizamos por nenhum extravio. O envio do prémio será efectuado pela editora.

Uma passatempo em parceria com 

Passatempos de Verão :: "A Ilha das Quatro Estações"


Passatempo termina dia 29/07/17

Para se habilitar ao passatempo, preencha o formulário abaixo e siga as regras dos nossos passatempos:

ATENÇÃO - REGRAS:
- O preenchimento do formulário é obrigatório para se habilitar ao passatempo.
- Podem participar todos os dias, basta voltar a preencher o formulário e partilhar o passatempo nas redes sociais.
- Só serão apuradas participações de fãs e/ou seguidores do Efeito dos Livros
- Ser fã e seguidor, duplica as hipóteses de ganhar.
- Só aceitamos participações de residentes em Portugal.
- Sorteamos os prémios no random.org entre todos as participações.


- Não nos responsabilizamos por nenhum extravio. O envio do prémio será efectuado pela editora.

Uma passatempo em parceria com o 


Passatempos de Verão :: "Antes de Ires"


Passatempo termina dia 29/07/17

Para se habilitar ao passatempo, preencha o formulário abaixo e siga as regras dos nossos passatempos:

ATENÇÃO - REGRAS:
- O preenchimento do formulário é obrigatório para se habilitar ao passatempo.
- Podem participar todos os dias, basta voltar a preencher o formulário e partilhar o passatempo nas redes sociais.
- Só serão apuradas participações de fãs e/ou seguidores do Efeito dos Livros
- Ser fã e seguidor, duplica as hipóteses de ganhar.
- Só aceitamos participações de residentes em Portugal.
- Sorteamos os prémios no random.org entre todos as participações.
- Não nos responsabilizamos por nenhum extravio. O envio do prémio será efectuado pela editora.

Um passatempo em parceria com a

Passatempos de Verão :: "Quando a amizade me seguiu até casa"


Passatempo termina dia 29/07/17

Para se habilitar ao passatempo, preencha o formulário abaixo e siga as regras dos nossos passatempos:

ATENÇÃO - REGRAS:
- O preenchimento do formulário é obrigatório para se habilitar ao passatempo.
- Podem participar todos os dias, basta voltar a preencher o formulário e partilhar o passatempo nas redes sociais.
- Só serão apuradas participações de fãs e/ou seguidores do Efeito dos Livros
- Ser fã e seguidor, duplica as hipóteses de ganhar.
- Só aceitamos participações de residentes em Portugal.
- Sorteamos os prémios no random.org entre todos as participações.
- Não nos responsabilizamos por nenhum extravio. O envio do prémio será efectuado pela editora.

Um passatempo em parceria com a

Passatempos de Verão :: "A Química dos Nossos Corações"


Passatempo termina dia 29/07/17

Para se habilitar ao passatempo, preencha o formulário abaixo e siga as regras dos nossos passatempos:

ATENÇÃO - REGRAS:
- O preenchimento do formulário é obrigatório para se habilitar ao passatempo.
- Podem participar todos os dias, basta voltar a preencher o formulário e partilhar o passatempo nas redes sociais.
- Só serão apuradas participações de fãs e/ou seguidores do Efeito dos Livros
- Ser fã e seguidor, duplica as hipóteses de ganhar.
- Só aceitamos participações de residentes em Portugal.
- Sorteamos os prémios no random.org entre todos as participações.
- Não nos responsabilizamos por nenhum extravio. O envio do prémio será efectuado pela editora.

Um passatempo em parceria com a

Passatempos de Verão :: Pack Valéria - Suma de Letras Portugal

E agora, um dois em um.
Não percam a oportunidade de ganhar um pack com o primeiro livro da série, "Nos sapatos de Valéria" e a mais recente novidade Suma de Letras Portugal "Valéria ao Espelho"


Passatempo termina dia 29/07/17

Para se habilitar ao passatempo, preencha o formulário abaixo e siga as regras dos nossos passatempos:

ATENÇÃO - REGRAS:
- O preenchimento do formulário é obrigatório para se habilitar ao passatempo.
- Podem participar todos os dias, basta voltar a preencher o formulário e partilhar o passatempo nas redes sociais.
- Identifiquem dois amigos leitores na publicação e façam like na página Suma de Letras Portugal
- Só serão apuradas participações de fãs e/ou seguidores do Efeito dos Livros
- Ser fã e seguidor, duplica as hipóteses de ganhar.
- Só aceitamos participações de residentes em Portugal.
- Sorteamos os prémios no random.org entre todos as participações.
- Não nos responsabilizamos por nenhum extravio. O envio do prémio será efectuado pela editora.



Um passatempo em parceria com a

Passatempos de Verão :: "Os Passageiros do Tempo"

Uhhh passatempos de verão, que bom!


Passatempo termina dia 29/07/17

Para se habilitar ao passatempo, preencha o formulário abaixo e siga as regras dos nossos passatempos:

ATENÇÃO - REGRAS:
- O preenchimento do formulário é obrigatório para se habilitar ao passatempo.
- Podem participar todos os dias, basta voltar a preencher o formulário e partilhar o passatempo nas redes sociais.
- Só serão apuradas participações de fãs e/ou seguidores do Efeito dos Livros
- Ser fã e seguidor, duplica as hipóteses de ganhar.
- Só aceitamos participações de residentes em Portugal.
- Sorteamos os prémios no random.org entre todos as participações.
- Não nos responsabilizamos por nenhum extravio. O envio do prémio será efectuado pela editora.

Um passatempo em parceria com a


Passatempos de Verão :: "Um Mundo de Pernas para o Ar"


Passatempo termina dia 29/07/17

Para se habilitar ao passatempo, preencha o formulário abaixo e siga as regras dos nossos passatempos:

ATENÇÃO - REGRAS:
- O preenchimento do formulário é obrigatório para se habilitar ao passatempo.
- Podem participar todos os dias, basta voltar a preencher o formulário e partilhar o passatempo nas redes sociais.
- Só serão apuradas participações de fãs e/ou seguidores do Efeito dos Livros
- Ser fã e seguidor, duplica as hipóteses de ganhar.
- Só aceitamos participações de residentes em Portugal.
- Sorteamos os prémios no random.org entre todos as participações.
- Não nos responsabilizamos por nenhum extravio. O envio do prémio será efectuado pela editora.

Um passatempo em parceria com a


sexta-feira, 14 de julho de 2017

Opinião "Se conhecessem a minha irmã"

Wow....tenho de ir dar um abraço apertado à minha família e agradecer a irmã que tenho. 
O que li em "Se conhecessem a minha irmã" é assustador e espectacular.
Decididamente um livro que deve entrar no vosso radar!


Conhecemos Irini no dia em que a irmã lhe liga para dizer que a mãe morreu. Um momento que eu não quero sequer imaginar como é mas que para Irini marca o princípio do capítulo final da sua busca pela verdade. Quando tinha apenas três anos os pais deram-na para ser criada pelos tios. Nunca se sentiu amada, numa recebeu uma explicação e nunca mais voltou a ver os pais.
Porque é que alguém dá uma criança assim?
Era uma criança indesejada? Um fruto de um pecado da mãe ? Seria desprezo pela sua condição física? Ou um segredo maior que o casarão da família?

"Porque nós somos os nossos pais, Irini. Somos o que eles fazem de nós, pela sua presença e pela sua ausência"

O único elo de Irini ao passado é a sua irmã Elle.
Como colocar Elle por palavras....
Manipuladora, maquiavélica, maldosa, mesquinha....meu Deus, minha rica irmã!
Desde sempre Elle foi uma carga de trabalhos para todos à sua volta e as pontuais entradas na vida de Irini eram um eterno toca e foge, especialmente da parte de Irini. Mas quando estes encontros esporádicos tinham consequências devastadoras, o que impedia Irini de se afastar?
E agora com a morte da mãe, o que a chama até à casa que há muito não é sua?
Que segredo obscuro se esconde no passado da família Harringford?
Que drama está à espera de ser revelado para nos deixar de queixo caído?

"Tudo o que toda a gente quer é pertencer"

"Se conhecessem a minha irmã" prende-nós do princípio ao fim. Leva-nos com um pé atrás na companhia de Irini à Escócia e quanto mais dias se passam na maníaca companhia de Ellen mais perguntas nos colocamos a nós próprios, mais enredados nos vimos no nos segredos que estão por revelar e que fazem com que Irini deixe de ser a vítima ou passe a ser o agressor.
O livro envolve-nos passo a passo num nevoeiro cerrado de segredos, inveja, ciúme, traição, dúvidas e medos.
Sem dúvida uma leitura espectacular :) Já disse isto? oh é porque realmente o achei espectacular.

Sabe-me tão bem ler um livro em que sou apanhada na curva.

Uma excelente sugestão para leitura neste verão.

Uma novidade

Novidade Nuvem de Tinta :: "Nevoeiro em Agosto"


Baseado na história real de Ernst Lossa e das crianças institucionalizadas em hospitais psiquiátricos na Alemanha de Hitler. Contada através da perspectiva do jovem Ernst, esta é a história trágica, mas verdadeira, da sua breve vida e da sua luta pela verdade e pela liberdade. Um relato de coragem e amizade num cenário desesperante de guerra e ódio que varreu a Europa durante a Segunda Guerra Mundial.

Uma novidade

Novidade Editora IN :: "Todas as ondas do mar"

O 2º livro da autora do bestseller do Wall Street Journal e Amazon, lançado em Portugal pela IN - "Os Segredos que Guardamos".


 Depois de um desastre avassalador destruir a sua família, Molly Brennan foge do amor da sua vida e dos erros trágicos que cometeu. Passados doze anos, tem uma vida nova com a sua filha de 8 anos, Cassie, num ambiente seguro e pleno de amor e carinho, algo que sempre faltou a Molly. Mas quando Cassie é atormentada com visões assustadoras e pesadelos terríveis, Molly vê-se obrigada a regressar ao único local onde jurou nunca voltar: a sua casa de infância.

Uma novidade

quinta-feira, 13 de julho de 2017

«O Francoatirador Paciente» de Arturo Pérez-Reverte - Opinião


Julgo poder considerar-me apreciadora de graffiti, no entanto, aprecio mais a vertende domesticada e acarinhada actualmente, aquelas obras feitas com tempo e autorização, que embelezam empenas inteiras de edifícios mais ou menos degradados, mas sempre com um cariz de atracção cultural. Neste livro, o grande debate é esse: o graffiti puro, de origem, não pretende ser domesticado e respeitar normas relacionadas com arte, seja ela urbana ou não. Um writer, um graffiter, deve manter-se clandestino e ser um provocador, só assim terá o respeito dos outros e manterá viva a tradição ou a origem da sua arte.

O livro de Pérez-Reverte foi para mim uma surpresa e uma estreia, nunca havia lido nada do autor espanhol, largamente aclamado pela critica, e fiquei fã. A sua escrita ensina, sendo esclarecedora, mas nunca cansativa; mantêm o ritmo e o suspense, sem sequer recorrer a cenários violentos ou descritivos, deixando sempre mais para a imaginação do leitor e ainda é capaz de cruzar uma escrita de viagens que nos deixa a passear por aqui e ali nas várias cidades que a sua escrita visita. 

"No meu segundo dia em Lisboa, os mapas do tempo situaram a cidade entre duas frentes invernais. O sol estava alto num céu azul vagamente enevoado e a luz do meio-dia iluminada a Casa dos Bicos quase na vertical, projectando um curioso efeito de centenas de sombras piramidais nos adornos do edifício."

Nesta incursão por Lisboa, para tentar rastrear a obra e a presença de um writter, seguimos a scout Alex Varela. A procura por Sniper, uma lenda viva desta guerrilha urbana, que expõe nas paredes as suas obras e assinatura, peças que se deterioram dia após dia, mas que são respeitadas e idolatradas. 

"O mundo da rua é um mundo veloz, se não te mantiveres nele, desapareces."

Tal como desaparece e reaparece, Sniper é veloz e o seu paradeiro indefinido. Encontrá-lo significa entrar nos meandros de um submundo que se torna perigoso, pois as ratazanas (writtes "verdadeiros" e muitos toys de throw up) mais dedicadas à arte de rua e à sua tribo, não apreciam, nem o emburguesamento nem as estratégias actuais, que têm vindo a domesticar alguns dos grandes nomes. 

"Se é legal não é graffiti" 

É um lema e o debate é bastante constante e até acesso em várias partes do livro. Para quem gosta do tema é um must read, para quem aprecia um livro que imprime um bom ritmo de leitura, também. E claro, para os apreciadores das narrativas de Peréz-Reverte. 
Eu fiquei fã e vou ler outros do autor. 

Novidade Presença :: "DOMINA"


Ela pensava que os seus problemas tinham chegado ao fim. Mas estão apenas a começar... Judith Rashleigh conseguiu. Tem uma vida de luxo por entre o esplendor da cidade de Veneza, e começa agora a sentir-se confortável na sua nova pele. Mas um dia é traída pelo passado. Alguém que sabe o que Judith fez quer acertar contas com ela. Vítima de chantagem, ela terá agora de descobrir o paradeiro de um quadro de valor incalculável - que talvez nem exista de verdade... Desta vez, Judith não controla a situação. Sentindo-se desorientada e sem saídas, desarmada e fragilizada, tem de enfrentar um inimigo mais poderoso e impiedoso do que ela alguma vez poderia imaginar. E se não conseguir sair desta situação, Judith poderá morrer.

Uma novidade
Para mais informações visite o site Editorial Presença


Relembro a opinião ao primeiro livro


Novidade Quetzal :: "O Céu que nos protege"


O Céu que nos Protege é o grande romance de Paul Bowles. Foi escrito em grande parte no deserto, onde a ação se desenrola. Publicado em 1954, nele, como em toda a ficção de Bowles, reflete-se sobre o absurdo do mundo moderno, onde a crueza, a corrupção e a irrupção do desejo surge a par da inocência de quem não compreende nem julga. Kit e Port são um casal que percorre o Sahara: à medida que se adentram no deserto, arriscam-se continuamente e atraiçoam-se até a um ponto de não retorno, até à loucura ou à morte. 

Aqui, como em outras obras de Bowles, não há culpados; há uma hierarquia de valores, uma explicação do humano. Os escritos de Bowles têm operado uma enorme sedução sobre várias décadas de leitores. Gore Vidal considerou-o um dos expoentes da ficção americana.

Uma novidade


Novidade Suma de Letras :: "A Luz da Noite"


Um emocionante romance baseado em factos históricos, sobre a natureza do génio, o preço da ambição e a batalha para iluminar a América. Leitura para entusiastas do romance histórico e todos os que tenham curiosidade de conhecer melhor este período excitante da história mundial.

Uma novidade

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Opinião :: "Os Passageiros do Tempo"

Faz dias que terminei a leitura de "Os passageiros do tempo" mas só agora consegui publicar a opinião.
Sabem quando gostam imenso de algo mas não fazem a mais pálida ideia de como expressar a vossa opinião?
Por vezes isso acontece-me com os livros porque os detesto ou porque os adoro.
E de uma coisa eu tenho certeza....EU ADOREI ESTE LIVRO!
Mas como vos passo a minha opinião sem contar os detalhes da história!?


Conhecemos Etta no dia em que podia ser o do derradeiro passo em direcção à carreira de violista com que ela, a mãe e a sua professora sempre sonharam mas como que num piscar de olhos, esse tornou-se no mais confuso e devastador momento da sua vida. Arrancada do tempo a que sempre chamou casa, ciente de ter perdido os que mais amava, Etta é levada para trás no tempo e dada a conhecer um lado da sua vida que ignorava por completo.
Como será descobrir que, de um momento para o outro, podemos viajar no tempo? 
Como será perceber que estamos atrás no tempo 240 anos?
Como poderá a nossa educação de século XXI nos servir?
Num tempo estranho, no meio de desconhecidos, em quem pode Etta confiar?



"Para mudar o futuro, é preciso voltar ao passado".

Peão na derradeira jogada da família Ironwood para manter o poder sobre todos os viajantes, Etta vê-se entre a espada e a parede quando tem de embarcar numa busca arriscada por um objecto que pertenceu à sua família e que pode mudar tudo.
Mas se em todos os seus anos de vida ela não fazia ideia de ser capaz de viajar no tempo, como poderá ela levar a cabo tal expedição?
Ou será que na educação que teve ao longo de toda a sua vida, estava lá tuda a bagagem que ela precisa para esta viagem?

Mas Etta não está sozinha nesta aventura....
Sophia, a representante lacaia da família Ironwood pode ser irritante mas tem os seus detalhes interessantes.
Mas é o Carter que nos cai no goto logo desde os primeiros instantes.
Nicholas Carter, um ex escravo com uma presença silenciosa e forte, uma liberdade recente e tão apreciada, vê nesta última tarefa para a abominável família Ironwood o bilhete para o futuro que sempre desejou, o de capitão do seu próprio barco. O que vem mudar tudo? O momento em que se vê no mesmo convés que Etta. Não, não foi amor à primeira vista. Foi respeito, reconhecimento, compreensão, admiração e um sem número de outros sentimentos, mesmo aqueles que reprimiu desde o primeiro momento.
O contacto entre ambos evolui de uma maneira que nos deixa com um sorriso nos lábios e um pé atrás.

"Esqueço-me do que sou contigo...Esqueço as regras. Esqueço todas as pessoas no mundo"




Viajamos por um aventura que nos leva pelo mundo inteirs, por tempos tão diferentes entre si que a única que coisa que infelizmente se mantém constante são os preconceitos, as mentes fechadas, as regras estúpidas, todas aquelas coisas estúpidas pelo qual ainda hoje se luta.
Fiquei realmente presa à leitura e se pudesse, tinha fechado o primeiro e aberto o segundo.
Mas não pode ser....

Este era daqueles livros que davam uma série espectacular. As mudanças de tempo, os contrastes de época, os cenários, a história repleta de poder, vingança, preconceito, amor, lealdade e tantos outros assuntos, tão importantes hoje como nos outros séculos que visitamos ao longo do livro.

Se procuram uma leitura que vos leve pelo mundo inteiro sem tirarem o corpinho da toalha nesta férias, "Os Passageiros do Tempo" são a escolha perfeita.

Deixo a música que acho que encaixa como uma luva nesta história. Pelo menos na minha playlist literária :) 

"Os Passageiros do Tempo" são uma aposta