quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Marquês de Sade, Justine

Penetrando nas preversas vidas intímas de Justine e Juliete, esta obra erótica de Marquês de Sade, muito mais rebuscada e dissimulada que a maioria das leituras eróticas que tenho feito, leva-nos a viajar nos meadros seculares das orgias, das provações, das torturas... das vidas sexuais da alta burguesia e do clero.

O livro descreve com detalhes floreados e sombrios os prazeres proibídos e jucosos vividos na escuridão e na frieza de um castelo misterioso e longínquo...

As vítmas de tais comportamentos disvirtuosos... "Não me abandonaram, em quaisquer circunstâncias da minha vida, os sentimentos de religiosidade"


As ilustrações são dingas de apreciação 

Sem comentários :