Pesquisar neste blogue

A carregar...

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

"Abrigo?", de António Torrado

Por vezes um poema só é mais que um livro!

Abrigo?

Sentei-me devagar na mão que me estendiam
Era espalmada, branca não demais, e tinha rios escuros, mansos, desfiados
um tanto apoquentados, sim, ou aturdidos de ali desaguarem
sem aviso
na palma ensoleirada
tão pouco protegida

Não estou a magoar? Não estava.
Um sorriso bom, gigante deu fé
do meu abrigo.

Podia então ficar? E descansei.
Macia que era a mão, almofadada,
não tinha, no entanto, a meu ver
a consciência desajeitada. Ampla era,
de genero espaço, mas talvez demasiadp
frouxa, com covas muito côncovas
maleáveis ao corpo, o meu,
que queria a cpmplacência pois,
mas não tão dada.

Adivinhando provavelmente o desconsolo
e mau conforme ao meu estado
a mão esticou-se, espalmou-se de repente,
lisa e oleada.
Sobressaltei-me e escorreguei.
Por pouco não caia da mão ao chão
se outra mão não detivesse o perigo,
não me amparasse.

Levantei-me. Sentia-me desfrutado.
De pé, na plataforma que fora mão
e cama de colchão mal acamado
defrontei o patrão da mão:
Então? Assim ou assado?

Como se sentisse e a inquietasse o pulsar da minha comossão
a mão sofreou-se, resguardou-se
e numa corpulenta onda de caprichos,
quase se fechou sobre a carga
desamparada do meu corpo
que resvalou e se abateu
pelo desfiladeiro de montes vivos
até se afazer à gruta ou concha humedecida,
duvidoso abrigo, subterrêneo e céu,
Estaria protegido?
Protegido de quê,
se a protecção era ela própria
o perigo.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Marketing Pessoal

Grande vício!

Lido em 3h e ficaram horas de ideias a fumegar na minha cabeça.

Agora é pegar e aplicar, reler, esmiuçar, caminhar no traçado que os autores nos deixam.

Mais informações em http://www.mymarketing.pt/portal/

Aproveito também para deixar um video  que julgo estar bastante esclarecedor sobre o MKT Pessoal


quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Marquês de Sade, Justine

Penetrando nas preversas vidas intímas de Justine e Juliete, esta obra erótica de Marquês de Sade, muito mais rebuscada e dissimulada que a maioria das leituras eróticas que tenho feito, leva-nos a viajar nos meadros seculares das orgias, das provações, das torturas... das vidas sexuais da alta burguesia e do clero.

O livro descreve com detalhes floreados e sombrios os prazeres proibídos e jucosos vividos na escuridão e na frieza de um castelo misterioso e longínquo...

As vítmas de tais comportamentos disvirtuosos... "Não me abandonaram, em quaisquer circunstâncias da minha vida, os sentimentos de religiosidade"


As ilustrações são dingas de apreciação 

Máquinas de Ler Livros

Chamem-me antiga, torta, teimosa, info excluída... mas eu espero que esta época esteja mesmo longe muito longe...
Desculpem os ecologistas, mas as árvores podem continuar a dar-nos livros, pois eu adoro lê-los, tê-los, mexer-lhes...

não resisti


Não resisti até porque uma das coisas que tenho saudades é de ter um trabalho em Lisboa em que tivesse de ir para lá de comboio ou metro e pudesse aproveitar essa horinha diária para ler... assim não, por isso há dias que nem as páginas me vêem os olhos;) 

entre livros de todas as espécies

Vivem-se tempos de (início e organização) estudo por isso livros é coisa que não me falta, por isso abrandei o ritmo de leitura dos outros.

Neste momento leio umas páginas (poucas) da Herta Müller a meia com uma incursão pela literatura italiana, traduzida para espanhol de Frederico Moccia, isto para praticar a leitura e a oralidade do meu Espanhol, tão necessária para a faculdade.

Por isto mesmo os livros que tenho seleccioandos para comentar, continuam na estante... ganhando pó, afinal é o pó que dá aquele cheirinho característico que os livros, todos, quase todos têm!

Publicito um Passatempo

Emotions
Se gostaria de desfrutar do prazer de receber “Um ano de Livros”, esta é a sua oportunidade!
Para isso, basta que nos envie um pequeno texto sobre o seu livro preferido, justificando a escolha do mesmo.
Os textos deverão ser enviados para info@onemotions.pt até dia 10 de Novembro, juntamente com os seguintes dados: nome, morada e número de telefone.
Boa sorte!