segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Hotelle - Quarto 1 :: Opinião

(foto ElsaR)
 
Sinopse

A minha opinião:
Quando comecei a ler a história de Elle pensei na Vivian, a nossa tão conhecida Pretty Woman mas rapidamente larguei essa ideia. Vivian procurou e encontrou o príncipe no cavalo branco, Elle foi encontrada por ele (e pelo irmão!).
Torna-se acompanhante de luxo por necessidade mas também porque está aborrecida, porque almeja uma vida que a sua humilde origem não lhe permite viver.
As voltas que a sua vida dá como acompanhante são mínimas quando comparadas com o tumulto que se inicia na sua cabeça e no seu corpo no momento em que David entra na sua vida e em que começa a receber as mensagens e mandamentos secretos por parte de um homem desconhecido.

Há quase um vislumbre de Síndrome de Estocolmo entre Elle e o seu "captor", aquele homem misterioso que a vai seduzindo, a vai atormentando, física e psicologicamente. Embora ela não seja sequestrada, visto que se desloca de livre e espontânea vontade aos encontros no Hotel dos Encantos, é o seu corpo que está prisioneiro do prazer e da auto-descoberta imposta pelos mandamentos do homem mistério.

 Será este mais um romance eróticos desses que se encontram às resmas nas prateleiras?
Hotelle - Quarto 1 é igual a tantos outros mas com nuances que o tornam bem diferente e único. Rico em detalhes, isso é, um festim para os sentidos e não apenas nas descrições dos momentos picantes mas em todo o ambiente que envolve Elle e o jogo de sedução e intrigas em que se vê inserida. É majestosa a descrição dos quartos que compõem o Hotel dos Encantos e, pessoalmente, adoro as curiosidades contadas por Louis sobre Paris e as personalidades conhecidas.
O mais interessante é que Elle nem é de todo a personagem mais interessante, embora seja a principal. Para mim, o interesse está nos irmãos Barlet, cheios de segredos sobre um passado que Elle vai descobrindo a cada capítulo. 

Hotelle - Quarto 1 tem uma história dotada de detalhes, de uma capacidade de fazer voar o imaginário romântico e erótico de cada um de nós mas uma apresenta algumas falhas, principalmente na personagem principal e na decisão final que toma.
Mas deixo o carácter e as decisões de Elle sob o escrutino de cada um dos leitores que decida ocupar o Quarto 1 do Hotelle.

Quanto à classificação, dou um excitante e erótico laranja avermelhado a Hotelle. Embora o livro viva muito em torno do enredo mundano de Elle e da sua descoberta pessoal/sexual e das pessoas que a rodeiam, as cenas no Hotel dos Encantos podem abalar a consciência moral de umas quantas pessoas, por isso, vamos lá coloca-las na categoria 3 - "Ai meu deus, o que é isto? AKA Porno"

Agora fiquem com referência musical que fecha o livro e a história da protagonista.


No fim do livro temos a oportunidade de consultar uma longa playlist com músicas e líricas que se inserem na perfeição na história de Elle e dos quartos no Hotel dos Encantos.
 Além da playlist, é de salientar a extensa lista de sugestões de leitura erótica que eu terei todo o gosto de ter em conta. Se quiserem, posso partilhar aqui convosco.

Boas leituras!

1 comentário :

Helen Deadly disse...

Já tenho esse bebé cá em casa mas prometi-me a ler só quando acabar os outros que já comcei! Ai, este post deixou-me em pullgas!!!!
Beijinhos xx