Pesquisar neste blogue

A carregar...

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Opinião "Um Anjo Impuro"

Pela mão de um autor que deu tantos mistérios aos seus leitores, chega-nos “Um Anjo Impuro”, um livro com uma personagem riquíssima, confrontada com o choque de culturas numa época por si só desafiadora quanto mais para alguém, mulher solteira/viúva e branca, que decide largar tudo e percorrer meio mundo em busca de trabalho, para acabar em Lourenço Marques no mundo profissional tão antigo como o tempo.


Hanna, cujo destino e as circunstâncias levaram aquele momento e lugar, vê-se confrontada com a morte do marido, com o desemparo da viúvez num país que lhe é desconhecido mas é com gosto (e alguns arrepios) que a vemos traçar o seu caminho. 
Numa época difícil, repleta de preconceito e ideias marcadas, “Um Anjo Impuro” é uma leitura que acerta numa alvo completamente diferente daquele que habitualmente uso para acertar com as minhas leituras.
Um desafio perfeito para este Verão, de preferência num dia de calor tropical, para entrarmos no espírito do local.
Com um pouco de história, um pouco de ficção, um pouco de imaginação, “Um Anjo Impuro” chegou até mim com uma grande história, acima de tudo, uma que tem como peça central uma mulher.

As descrições de Henning, a sua escrita tão puramente visual, permite-nos criar na nossa imaginação uma personagem que ganha substância a cada frase, num local que nunca visitamos, numa época que já lá vai longe.

Se não sabiam o que ler, se querem algo que foge aos muitos romances comuns que vos passam pelas mãos durante o ano, escolham “Um Anjo Impuro”, um livro único, especial e rico.

Uma aposta

1 comentário :

EfeitoCris disse...

vou querer ler, quem sabe tb la vou parar dentro de tempos