Pesquisar neste blogue

A carregar...

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Opinião "Eve e o Caos"

Eve e Caim, Eve e Abel, Eve e a confusão que a persegue, Eve e o Caos.
Onde Eve vai, os problemas seguem-na. Uns são duros como pedra, outros têm várias cabeças e outros são a personificação do mal em pessoa.
Mas uma coisa é certa, onde quer que Eve esteja, será sempre o epicentro do furacão.


Desde o momento em que se tornou uma marcada, uma guerreira ao serviço de Deus que mata demónios como profissão, Eve passou a atrai-los como um íman do tamanho de um camião.
Ser denominada "a namorada de Caim" já é mais do que um atractivo mas ser o alvo de disputa entre os infames irmãos Caim e Abel sempre fez de Eve o centro das atenções, quer por parte de celestiais, quer de infernais. Nem aos seus colegas Marcados Eve passa despercebida. 
Mas quando os eventos dos últimos livros levam à ascensão do homem que faz o corpo e a mente de Eve ferver, incapacitando-o de manter uma relação com ela, o que será que vai acontecer à proximidade entre Eve e Caim?
Será esta a oportunidade de Abel para cimentar a atracção latente que existe entre ele e Eve? 
Ou serão os problemas que os rodeiam superiores à tamanha confusão amorosa que sempre acompanhou este triângulo escaldante?

"O que é mais importante? ... Que alguém te deseje involuntariamente, por uma questão de hormonas ou de devido a alguma reacção química no cérebro, ou que alguém te deseje porque assim o entendeu, por decidir conscientemente desejar-te"

Nesta altura do campeonato é díficil comentar o que é que quer que seja sobre a série sem dar mais spoilers que aqueles que já dei, especialmente num outro parágrafo desta opinião.
Mas quem já se encontra a bordo desta história sabe quais os seus pontos fortes. Uma heroína badass, dois candidatos fortíssimos a serem o dono do seu coração (e corpo) e uma história que nos leva do céu ao inferno em meia dúzia de linhas.
A série Marcados pega numa temática que existe desde o início dos tempos e dá-lhe um twist brutal em tempo presente, repleto de problemas mundanos e normais que se misturam num cocktail explosivo com todos os detalhes sobrenaturais/divinos.
Digam se esta não a razão principal para esta história ser espectacular?
Ah, esperem....ter sido escrita pela mão da Sylvia Day é igualmente um elemento BRUTAL.

E é com um travo agridoce que me despeço da série Marcados.
Mas e o final....será que é mesmo um final?
Eu não me importava de ler mais qualquer coisinha. Sylvia não me deixes com aquele final ambíguo :)


Eve e Caim?
ou
Eve e Abel?
ou será que é mais
Eve e o desejo avassalador de se livrar da Marca e ser uma pessoa normal?
:)

5 Sentidos, sabemos que existem mais dois ebooks pequeninos...será que os vamos ler?
Será que dava para fazer dois em um, tipo Abel e Caim?

"Eve e o Caos" é o terceiro livro da série Marcados, uma aposta

Sem comentários :