terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

ÓSCAR e a Senhora Cor-de-Rosa, MARCADOR

Em boa hora quando a MARCADOR se decidiu pela reedição deste título e nos trouxe a história de Óscar.



Se apanhar este livro, agarre-o!
Não perca tempo e abra-o.
Passe uma, duas páginas, entre no Hospital.
Não vá embora, conheça o cabeça de ovo e a lutadora de wrestling.
Conheça o regulamento, mas esqueça-o em seguida.
Agora pegue na calculadora e faça umas contas simples...
não se assuste com as idades, nem o peso dos dias.
Acredite em lendas, crianças azuis, recheadas de bacon e pipocas
Entre cabeças, cabeçudos e verdadeiros Einsteins, 
há ainda fantasmas, anões e o quebra-nozes
e uma valsa de flocos de neve e Deus.
Você acredita em Deus?

Esta pequena maravilha da simplicidade, que quase roça o non sense, explora a morte, o amor à vida, a fé em Deus, a luta pela dignidade na morte e a simplicidade de se conseguir multiplicar as horas em dias, os dias em meses e as semanas em anos... ou ainda mais!!!

Leia de mente aberta e aprecie a vida.

"Querido Deus,
Hoje tenho cem anos. Tal como a Vovó Rosa. Durmo muito, mas sinto-me bem.
Tentei explicar aos meus pais que a vida é um presente engraçado. Ao princípio, sobrestimamos este presente: acreditamos ter recebido vida eterna. Mais tarde, subestimamo-lo, achamos que é uma porcaria, muito curta (...) Por fim, percebemos que não era um presente, era apenas um empréstimo. (...) Quanto mais velhos somos, mais necessário é ter bom gosto para apreciar a vida."



MARCADOR, na página certa - um relato de amor, dedicação e simplicidade.

Boas Leituras.

1 comentário :

Marcos Amaro disse...

Lido em minutos, compreendido em segundos, sentido para o resto da vida! Apenas fantástico! Obrigado Lídia Franco por este excelente trabalho de tradução!