quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Opinião "Mais Negro"


Bem vindos de volta Christian e Ana.
O filão Grey continua a produzir lingotes de Ouro e este livro não é excepção.
"Mais Negro" é uma visão do outro lado do espelho nestas Cinquenta Sombras Mais Negras, o segundo capítulo da trilogia com a história de Christian e Ana. 
Quem leu a minha opinião ao primeiro livro no ponto de vista do Christian sabe que eu gostei muito mais ler os pensamentos dele que os dela.
Neste livro essa preferência mantém mas há cenas que acabam muito cortadas e que estando a ler ao fim de tanto tempo, não me deixam ter uma imagem mais presente de todos os acontecimentos.

Já a viagem pela mente do Grey sofre com uma grande dose de amaciador, uma consequência directa de estar apaixonado. Menos cru mais romântico, mesmo com as doses olímpicas de sexo em qualquer lado. É engraçado ver cenas que me irritaram no ponto de vista dela e que no dele até se tornam interessantes. São aquele momentos em falta, que só ele viu e viveu que queríamos encontrar aqui e nisso "Mais Negro", à semelhança do anterior, não desilude. 
A cena de Leila, o acidente, etc
No entanto contínuo a achar que há cenas que estão muito diluídas.
Com isto pergunto-me....haverá ainda um terceiro?
E depois disso..será que a autora conseguirá escrever mais algum livro que nada tenha a ver com o Grey?

Entretanto vou aproveitar a semana do dia dos namorados para me levar ao cinema a ver o terceiro filme.
Até lá, deixo ficar o trailer.
Laters, baby!
(continuo a preferir ler o Grey em inglês, soa melhor!)


A série Grey é uma aposta

Sem comentários :