sexta-feira, 9 de julho de 2010

Um pai em nascimento

José Eduardo Agualusa tem o dom da palavra, tem o dom de me fazer rir com determinadas combinações de palavras e a forma indescritível de como combina certas ideias, é isso que se passa num dos seus mais recentes livro "Um pai em nascimento", onde se coloca perante uma profunda dúvida - "quando nasce um pai?"

"Em que é que um filho modifica a vida de um homem?"

"Estava preparado para muitas perguntas, mas não para aquela. (...) Modifica, claro. Em primeiro lugar, um filho devolve-nos a inocência perante a vida - as crianças inauguram o mundo em cada dia e ao fazê-lo ensinam-nos a vê-lo, novinho em folha, como se também nós voltássemos a ser recém-nascido."

Em curtas histórias e pequenos relatos, Agualusa relata as suas inquietudes, preocupações e as alegrias que partilha com o seu recém-nascido - "... a infância é o que conhecemos mais próximo da eternidade."

Dá vontade de ter um filho!

Sem comentários :